top of page
  • Foto do escritorASCOM

Comissão de candidatas aprovadas no concurso da PMDF2023 busca apoio da CABE

Na manhã desta sexta-feira, 28/07, a comissão das candidatas participantes do último Concurso da PMDF 2023 esteve presente na sede da CABE para solicitar o apoio da associação em relação ao edital do certame. O encontro contou com a presença da assessoria jurídica da CABE, representada pelo advogado e Coronel PMDF RR Jailson, as representantes da comissão, o vice-presidente da CABE, Major Hélio José, e a presidente, Coronel Maria Costa.




A Comissão relatou a batalha que tem enfrentado para que a direção do concurso autorize a correção de mais 400 provas de candidatas. Segundo a comissão, havia no edital a previsão de correção de 4000 provas, sendo 90% para os candidatos e 10% para as candidatas. Acontece que muitos candidatos não alcançaram a nota mínima para a redação e, assim, a banca avaliadora do concurso poderia, então, corrigir mais provas ao cargo de policial militar feminina. No momento há muitas candidatas que alcançaram o quantitativo de pontos para a avaliação da redação, porém, em razão da divisão percentual prevista no edital, não é permitida que elas sejam corrigidas.


Outros pontos foram abordados pela comissão, como a necessidade da participação de mais mulheres na área operacional da PMDF, a revisão dos critérios médicos de avaliação e que a quantidade das correções das redações esteja relacionada com as notas ao invés do gênero.


A CABE PMDF se comprometeu a apoiar o pedido da comissão e a presidente, Coronel Maria Costa, afirmou que irá participar pessoalmente na busca de diálogos, soluções jurídicas e também tratativas no campo institucional.




186 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page